Qual é a linguagem de programação que oferece o melhor salário?

Um dos motivos pelos quais as pessoas entram na área de desenvolvimento e programação é a promessa de bons rendimentos. Afinal, estamos falando de uma das carreiras que melhor remunera os trabalhadores. Isso se dá pelo fato de que os programadores são profissionais especializados que detêm um conhecimento que está em falta no mercado. E qual é a linguagem de programação que oferece o melhor salário?

Essa é uma dúvida comum, mas muito difícil de responder. Não existe um banco de dados universal e unificado que apresente o salário de todas as profissões ou linguagens de programação usadas em cada carreira. Por isso, o que vamos tentar fazer neste texto é chegar a uma resposta aproximada para essa pergunta.

Vamos lá?

As linguagens de programação mais usadas

As linguagens de programação mais usadas.As linguagens de programação mais usadas.Fonte:  Shutterstock 

Antes de partir para o ganho salarial médio de cada linguagem de programação, vale a pena analisar a lista das linguagens que são mais usadas no mercado – de acordo com este site. É possível perceber uma relação entre os dois índices, como vamos ver a seguir.

  • C
  • Java
  • Phyton
  • C++
  • C#
  • Visual Basic
  • JavaScript
  • PHP
  • SQL
  • R

Média salarial, maior e menor salários

Média salarial, maior e menor salários.Média salarial, maior e menor salários.Fonte:  Shutterstock 

Com base em informações de sites de recrutamento, como Catho e Glassdoor, é possível encontrar informações relevantes sobre o ganho salarial das principais linguagens de programação do mercado. Fizemos uma pesquisa selecionando os 5 maiores salários e os 5 menores de cada linguagem, depois realizamos uma média desses valores. Salários que não estão especificados e são anunciados como entre R$ 10 mil e R$ 11 mil, por exemplo, terão uma média de R$ 10,5 mil.

Também especificamos os níveis profissionais, como sênior, pleno, júnior etc., e as cidades onde são oferecidos. Cargos relacionados a Java, como desenvolvedor, programador, arquiteto de software e analista desenvolvedor, foram todos considerados um só: “Java”, sem distinção.

Além disso, vale ressaltar que a maioria dos anúncios não contém salário declarado, constam como “a combinar”. Portanto, considere que as médias salariais podem variar, principalmente os cargos altos, como os de gestores e diretores, que são definidos após a contratação em uma entrevista.

Considerando isso, vamos aos resultados.

C e C++

  • Maior salário: R$ 2,5 mil – programador C (Barueri).
  • Menor salário: R$ 2,4 mil – programador C/C++ (Curitiba).
  • Média salarial: somente as 2 vagas acima mostraram indicação salarial, por isso não temos uma média confiável para essa categoria.

Java

  • Maior salário: R$ 10 mil – analista desenvolvedor Java (São Paulo).
  • Menor salário: R$ 1,5 mil – programador Java (Recife).
  • Média salarial: R$ 5.340,00.

Python

  • Maior salário: R$ 8,5 mil – desenvolvedor Python (São Paulo).
  • Menor salário: R$ 3,5 mil – programador Python (Rio de Janeiro).
  • Média salarial: somente 5 vagas continham indicação salarial, por isso não temos uma média confiável para esta categoria.

C#

  • Maior salário: R$ 7,5 mil – analista desenvolvedor C# (Atibaia).
  • Menor salário: R$ 1,5 mil – programador C# (Porto Alegre).
  • Média salarial: R$ 4.170,00.

Visual Basic

  • Maior salário: R$ 5,5 mil – analista Visual Basic (São Paulo).
  • Menor salário: R$ 2,5 mil – programador Visual Basic (Ribeirão Preto).
  • Média salarial: Somente 4 vagas apresentaram indicação salarial, por isso não temos uma média confiável para esta categoria.

JavaScript

  • Maior salário: R$ 4,5 mil – programador JavaScript (São Paulo).
  • Menor salário: R$ 3,5 mil – programador JavaScript (Curitiba).
  • Média salarial: somente 3 vagas tinham indicação salarial, por isso não temos uma média confiável para esta categoria.

PHP

  • Maior salário: R$ 9,5 mil – programador PHP (São Paulo).
  • Menor salário: mil reais – programador PHP (Juiz de Fora).
  • Média salarial: R$ 4.550,00.

Ruby

  • Maior salário: R$ 9,5 mil – especialista Ruby (Barueri).
  • Menor salário: R$ 2,5 mil – programador Roby and Rails (São Paulo).
  • Média salarial: somente 4 vagas tinham indicação salarial, por isso não temos uma média confiável para esta categoria.

Conclusão

Afinal, onde estão os melhores salários?Afinal, onde estão os melhores salários?Fonte:  Shutterstock 

Como é possível ver, é muito difícil definir qual é a linguagem de programação que oferece os melhores salários. Em alguns casos, não há cargos suficientes para definir uma média confiável, enquanto outros detalhes (como a falta de informações para muitas carreiras) também atrapalham na criação de um resultado objetivo. No entanto, é possível perceber que Java, C# e PHP são algumas das linguagens que melhor remuneram os profissionais.

Porém, uma coisa é certa: aprender sobre a área de desenvolvimento certamente é uma boa opção para quem quer se tornar um profissional bem-remunerado no mercado. E, se esse é o seu objetivo, s há boas opções de cursos para você aprender alguma dessas linguagens de programação.

Todos os cursos abaixo são oferecidos pela Udemy, a maior plataforma de cursos online da internet. Vale a pena conhecer o site e as aulas oferecidas (com desconto) para os leitores do TecMundo que querem aprender sobre programação.

Link para os cursos com descontos:

https://click.linksynergy.com/deeplink?id=abtFa9Kv0Fo&mid=39197&u1=seguranca&murl=https%3A%2F%2Fwww.udemy.com%2Fcourses%2Fdevelopment%2Fprogramming-languages%2F

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *